Doce de Ameixa |sem açúcar refinado|

Estamos na época das ameixas e embora eu as tenha no quintal, são árvores pequenas e não tenho muitas…mas conheço quem tenha…dão-me e eu agradeço 👍

Mais uma vez temos de aproveitar a época de fartura e não desperdiçar nada…por isso nada melhor do que fazer conservas.

Um dos doces que mais gosto é o de ameixa, pela sua acidez…adoro!! E ontem fiz doce de ameixa…mas também adoro doce de maçã (receita➡️ aqui) que costumo fazer na sua época.

Pois bem, faço doce, mas sem o famoso açúcar refinado. O doce é claro que fica diferente, mais ácido, menos doce e com um sabor mais caramelizado devido ao açúcar de côco e ao açúcar mascavado. Como é lógico a forma como adoçam é totalmente diferente. No entanto, quanto mais maduras foram as ameixas também mais doce fica, assim como o grau de doçura das ameixas…são tudo factores relevantes😉

As quantidades de açúcar também são bem menores do que as usadas nos doces tradicionais. É claro que podem por mais, mas para mim assim está bom…é o meu gosto pessoal 😉

É claro que podem optar por um dos açúcares, mas não aconselho a usar só açúcar de côco, fica demasiado agro. Se optarem por usar só um usem o mascavado.

Estes açúcares também não conservam da mesma forma que o refinado, por isso uma vez aberto deve ser conservado no frigorífico.

Nesta receita também uso maçã, por três motivos, ajuda a adoçar, a amaciar e por conter um teor alto de pectina, um componente que ajuda na gelitificação do doce. A ameixa também tem por isso complementam-se.

Dadas todas as explicações vamos à receita!!

Doce de Ameixa 

Ingredientes:

  • 1kg de ameixas maduras descaroçadas e partidas em pedaços (eu deixo ficar a pele)
  • 60g de açúcar de côco
  • 140g de açúcar mascavado
  • 2 maçãs pequenas descascadas e cortadas em gomos finos
  • 1 pau de canela

Preparação:

Começar por lavar e descaroçar as ameixas até ter 1 kg de fruta. Adicionar as maçãs em gomos finos, os açúcares e o pau de canela.

Levar ao lume baixo cerca de 1h, até ficar com uma consistência gelatinosa. Quando colocada uma pequena porção num prato e passar com uma colher deve fazer uma estrada.

Nesta fase se quiserem podem triturar. Eu gosto de deixar assim.

20190627_133515

Enquanto o doce está a fazer ao mesmo tempo ferver por 15 minutos os frascos e as tampas (de metal), para que fiquem esterilizados.

Depois do doce pronto, colocar dentro dos frascos quentes. Retirar o frasco com uma pinça, encher com o doce quente, fechar, bem fechado, e voltar a colocar dentro da água quente para que saia todo o ar. É evitado ligar o lume, a água está ainda a ferver. Deixar arrefecer dentro da água.

20190627_134013

20190627_134415

Quando estiver frio retirar da água e colocar de “pernas ao ar” por umas horas. Depois é só guardar. Se os frascos estiverem bem esterilizados e bem fechados duram bastante tempo.

20190628_20111320190628_20103820190628_20102020190628_20095720190628_201257

Bom apetite e sejam criativos 😊

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: