Panetone com Pedaços de Chocolate|sem glúten|

Natal! E este ano decidi criar a minha receita de Panetone sem glúten. Esta era uma das que faltava para juntar às outras receitas de Natal que tenho, como o Bolo Rainha, Tronco de Natal, Filhóses, tudo complicado nesta publicação de Receitas de Doces de Natal (receitas➡️ aqui).

O Panetone é uma iguaria italiana, consumida na época do Natal. É  um pão doce, recheado de frutas secas (passas de uva e frutas cristalizadas), com fragrância de baunilha e com uma textura seca e macia.

Ele é tão famoso que atualmente existem várias versões, desde com chocolate ao recheado com cremes, e ainda os sem glúten.

Cá em casa a minha malta gosta muito de Panetone e sempre que podem compram um para comer. Para evitar que isto aconteça tive de experimentar fazer. O que mais gostam, como seria de esperar, é com pepitas de chocolate.

No que se refere aos Panetones sem glúten, há uma questão a salientar, dificilmente se consegue recriar a sua textura super fofa. Já o sabor é bem mais fácil, pelo menos para mim foi.

Depois de várias pesquisas e experiências, onde o sabor ficou sempre bem parecido, tive que fazer vários ajustes na textura da massa. Como evito a goma xantana ou o psylium (produtos que servem para imitar o glúten) ainda foi mais difícil.

Desde a minha primeira experiência, que as minhas cobaias, marido e filhos, grandes apreciadores de Panetone, sempre gostaram dos resultados, em termos de sabor, mas fizeram sempre referência à textura!! … mas os panetones desapareceram sempre😉

Esta foi das receitas que deu mais “luta” até chegar ao resultado final!! Podem fazer sem o psylium, mas ficará mais rigo com muito mais facilidade. Eu acabei por usar o psylium, em algumas das experiências, que é uma fibra natural encontrada na casca de sementes de uma planta chamada Plantago ovata e é usado como substituto do glúten nas receitas sem glúten. Raramente uso estes substitutos, mas nesta receita usei para testar. No entanto, no dia seguinte o Panetone já estava mais duro, tal como os que não levaram. Acho que até gosto mais da receita sem usar o psylium.

Agora que consegui um bom resultado vou partilhá-lo convosco.

Vamos à receita!!

Panetone|sem glúten|

Ingredientes:

  • 210 g de farinha de arroz
  • 190 g de polvilho azedo
  • 30 g de polvilho doce
  • 100ml de leite vegetal
  • 50ml de sumo de laranja
  • 100 g de batata doce assada (ou cozida) esmagada
  • 60 g de açúcar mascavado (ou de côco)
  • 70 g de manteiga amolecida
  • 3 ovos
  • Uma pitada de sal
  • 1 colher de café de raspa de laranja
  • 1 colher de sobremesa de aguardente
  • Baunilha q.b. (uso de moinho)
  • 1 saqueta de fermento granulado para pão (7g)
  • 1 colher de chá de fermento em pó (7g)
  • 1 colher de sopa de psylium (10g)(opcional)
  • 80g de chocolate preto picado grosseiramente

Preparação:

1. Num recipiente ou chávena colocar o leite e o sumo de laranja mornos. Adicionar a saqueta de fermento granulado para pão. Mexer e reservar para activar.

2. Na taça da batedeira juntar os restantes ingredientes. As farinhas, de arroz, polvilho doce, polvilho azedo, açúcar, fermento em pó, o sal, a manteiga, a aguardente, a baunilha, o psylium (caso queiram usar), a batata doce, a raspa da laranja e os ovos. O último ovo costumo bater com o garfo para depois reservar um pouco deste para pincelar a massa no final.

20191210_110055

Bater um pouco, só para misturar, com o acessório de amassar e depois com a máquina, em velocidade baixa, juntar o fermento para pão misturado com o leite e o sumo de laranja.

Bater a massa durante 5 a 7 minutos com a velocidade máxima.

3. No final, baixar a velocidade e juntar o chocolate picado. Misturar só por uns segundos.

4. Colocar a massa numa forma estreita e alta ou panelinha (que foi o que usei com 11cm altura por 13cm diâmetro) forrada com papel vegetal.

Com um pincel de cozinha, pincelar a superfície do panetone com o resto do ovo reservado.

20191210_112613

5. Deixar levedar em local quente e húmido cerca de 2h a 3h. Varia muito. O Panetone deve crescer e duplicar o volume. A técnica que uso para ter mais sucesso nesta operação e colocar a forma dentro do forno ou no microondas, desligado,  com uma caneca de água a ferver. Como este processo é lento, ao fim de 1h devemos trocar por nova água a ferver.

20191118_125116

Depois de levedado, passar com cuidado, para o forno pré aquecido a 180° por cerca de 45 a 50 minutos.

20191210_14300920191210_142948

Fica um bolo alto com cerca de 12 cm de altura e 13 cm de diâmetro.

 

20191210_213435

20191118_215836

20191118_215923

 

Resultado final 👇👇👇👇👇👇👇

 

 

 

20191214_22584220191214_225804

Bom apetite e sejam criativos 😊

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: