Pão de Deus ou Arrufadas |sem glúten| |sem açúcar refinado| |sem laticínios|

Há muito tempo que andava com esta ideia de fazer uma arruada ou pão de Deus numa versão mais saudável sem glúten e açúcar refinado.
Desde miúda que adoro, não só porque gosto muito de côco, mas por adorar este tipo de massa.


Depois de muito pensar e testar consegui uma massa e um pão de Deus que se assemelha ao original.
É muito simples e fácil de fazer e o resultado final ficou excelente!
É claro que não podemos comparar um produto com glúten com um sem glúten, a consistência assemelha-se, mas a durabilidade é outra. No entanto, o sabor está lá e visualmente ficam iguais.


Até agora de todas a tentativas, experiências e ajustes que fiz deram este resultado, não quer dizer que daqui por uns tempos não volte a mexer na receita. Já aconteceu com outras.
Estamos sempre a aprender e quanto mais fazemos, mais prática temos e consciência de como funcionam as farinhas sem glúten.
Espero que gostem da minha receita.

Vamos à receita!

Pão de Deus ou Arrufadas

(Rende 8 unidades)

Ingredientes:

Massa

  • 150ml de leite vegetal ( usei de arroz)
  • 60g de açúcar mascavado
  • 7g de fermento granulado para pão
  • 225g de farinha de arroz
  • 90g de polvilho doce
  • 40g de farinha de milho
  • 12g de psyllium
  • 2 ovos grandes ou 3 pequenos (cerca de 50g cada ovo já sem a casca)
  • 4 colher de sopa de azeite
  • 1 colher de café de sal
  • Farinha de côco para polvilhar (para imitar o açúcar)

Creme

  • 1 gema
  • 45g de açúcar mascavado
  • 1 colher de sopa de maisena (15g)
  • 125ml de leite vegetal (usei de soja do aldi porque gosto do sabor a baunilha que tem)
  • 50g de côco ralado

Preparação:

Começar por ligar o forno a 50° para que aqueça um pouco e ser usado como estufa para levedar os bolinhos.

De seguida amornar o leite. Juntar o açúcar e o fermento. Mexer um pouco e reservar tapado e em locar abrigado para ativar. Vai espumar e duplicar o volume.

Preparar todos os ingredientes

Na taça da batedeira colocar os restantes ingredientes, e reservar. Assim que o fermento estiver ativo adicionar aos ingredientes na batedeira. Agora é só amassar tudo com o utensílio da batedeira para amassar. Começar lentamente para incorporar e depois aumentar para velocidade máxima e deixar bater cerca de 2 minutos.

Fica uma massa homogênea e moldável, mas um pouco pegajosa.

Retirar a massa para cima da bancada um pouco enfarinhada com farinha de arroz, e com as mãos humedecidas, moldar um rolo. Não é necessário manipular muito a massa.

Dividir em 8 pedaços. Com as mãos húmidas moldar as bolinhas e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal de cozinha e polvilhado com farinha de arroz.

Dividir a massa e moldar as bolinhas sem manipular muito a massa

No fim de todas as bolinhas moldadas, com muito cuidado e delicadeza, passar com os dedos molhados para humedecer a sua superfície.

Colocar no forno já ligueiramente aquecido a levedar. Nesta altura colocar no fundo do forno uma taça com água a ferver para fazer um ambiente húmido.

Atenção! É rápido e não deve deixar crescer demasiado. Apenas até quase duplicar o volume.

Enquanto está a levedar preparar o creme.

Colocar a gema, o açúcar e a maisena num tachinho e mexer. Sempre a mexer adicionar o leite aos poucos. Depois levar ao lume, sempre a mexer, e assim que ferver espessa muito rápido. Tem que se ter cuidado e retirar de imediato do lume. Continuar a mexer e adicionar o côco ralado.

Retirar o tabuleiro com as bolinhas do forno e a taça com água. Ligar o forno a 200°. Colocar um tabuleiro vazio no fundo do forno para que aqueça. Deve ficar bem quente.

Voltar a humedecer a superfície das bolinhas, com água, com a ajuda dos dedos, e com muito cuidado.

Com ajuda de uma colher, e com muito cuidado e delicadeza, distribuir o creme sobre a superfície das bolinhas.

Colocar o creme com cuidado

Levar ao forno. Assim que colocar o tabuleiro com as bolinhas no forno, verter água fria para dentro do tabuleiro depositado no fundo do forno e fechar imediatamente . Vai criar vapor. Esta ação ajuda a manter o cozimento da massa num ambiente húmido e que esta não seque tanto.

Cozem muito rápido. Levam cerca de 20 a 25 minutos. Não deve deixar cozinhar demasiado. Assim que o palito vier seco deve retirar do forno.

Retirar do forno e polvilhar imediatamente com farinha de côco

De imediato polvilhar com farinha de côco.

Receita também em vídeo no canal do YouTube da comida colorida só porque sim aqui👇👇👇👇👇👇👇👇

Subscreva 🔔deixe o seu like 👍OBRIGADA 💗

Bom apetite e sejam criativos😊

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: