Baguete |Sem Glúten|

Hoje trago mais uma receita de pão sem glúten. Andavam a faltar as baguetes nas minhas receitas de pão.

De facto já andava em experiências faz algum tempo, mas nem sempre consigo ter tempo para testar e experimentar as ideias que coloco no papel. Conciliar tudo não é fácil!

Tenho várias receitas de pão SEM GLÚTEN no meu blog. pode visitar a categoria PÃES aqui➡️
https://comidacolorida.blog/category/pequenos-almocos-lanches/paes/ onde encontra uma enorme variedade de receitas.

Destaco os Pãezinhos sem glúten (receita➡️ aqui), ou o Pão simples (receita➡️ aqui).

A receita destas baguetes é muito fácil e não deixa de ser uma receita de como deve ser uma receita de pão. Farinha, água e sal. Só que numa versão sem glúten.

Para que a receita fique bem equilibrada, fofa e com um resultado final incrível temos mesmo de usar várias farinhas, pois cada uma tem uma função e vai dar estrutura, fofura e estabilizar a massa de forma a recriar o mais aproximado possível à liga e elasticidade do glúten.
Não é fácil, mas também não é impossível! De fazer algo semelhante e que satisfaça o desejo de um belo pão.

Um dos factores também muito importantes desta receita é a humidade da massa. Ela deve ficar bem pegajosa, elástica e não uma bola seca.
Para isso, no fim de juntar a água e amassar por cerca de 2 ou 3 minutos, tem de se retificar a humidade.
Verificar a sua textura depois de amassada e de estarem todos os ingredientes bem incorporados, pois grande parte deles têm uma grande capacidade de absorver líquidos e secar a massa.
Caso seja necessário juntar mais um pouco de água.

As massas sem glúten não necessitam de ser muito amassadas, pois não há glúten para ativar, mas convém amassar o suficiente para ver até que ponto a massa seca e necessita de mais água para ficar no ponto certo.
Tendo em conta que há um conjunto de fatores que alteram a massa, desde as próprias farinhas que variam com a marca, a temperatura ambiente e a humidade do ar, entre outros, tem de se ajustar tudo, até obter uma massa elástica e pegajosa.

Este tipo de massa também não necessita e nem deve ser muito manipulada. Basta dar a forma desejada, pois não é fácil de manipular e cola às mãos. Por isso deve humedece-las, mas também não enchercar tudo.

No decorrer de todo o processo a massa vai secando, por isso, quer na hora de levedar, quer na hora de cozer tem de manter a humidade no ambiente onde está a massa.
Para isso, deve ser colocada uma taça com água a ferver dentro do local onde vai levedar, e deitar água num tabuleiro quente no forno na hora de cozer para criar vapor.

O resultado final é um pão fofinho muito delicioso.

Vamos à receita!

Baguete

Ingredientes:

  • 100g de farinha de arroz
  • 20g de farinha de grão de bico
  • 15g de polvilho azedo
  • 70g de fécula de batata
  • 30g de maisena (Amido de milho)
  • 30g de polvilho doce
  • 8g de açúcar mascavado
  • 10g de psyllium
  • 1 colher de café de vinagre de cidra
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de café de sal
  • 7g de fermento granulado para pão
  • 300ml de água morna + cerca de 50ml caso seja necessário

Preparação:

Na taça da batedeira colocar todas as farinhas, açúcar, fermento e sal.

Começar a mexer lentamente com a pá de amassar. Sempre a mexer adicionar o vinagre e depois o azeite.

Por último, acrescentar a água aos pouco sempre a mexer e aumentando a velocidade.

Quando terminar os 300ml de água bater por 2 a 3 minutos em velocidade máxima para incorporar todos os ingredientes e ver como é feita a absorção da humidade pelas farinhas. Caso seja necessário juntar mais água até obter uma massa pegajosa mas moldável. Não deve ficar uma bola seca.

Colocar a massa numa superfície enfarinhada com farinha de arroz e com as mãos humedecidas com água fazer um rolo sem manipular muito a massa.

Cortar a meio e moldar dois pães (Baguete) e colocar num tabuleiro ou forma para baguete.

Com os dedos passar a superfície dos pães com água, apenas para humedecer a superfície, não ensopar.

Depois polvilhar toda a superfície dos pães com farinha de arroz peneirada com um passador e fazer uns golpes no pão.

Levar a levedar dentro do forno desligado já previamente aquecido a 50°. Colocar o tabuleiro com o pão e uma taça com água a ferver para manter a húmidade, dentro do forno.

Fica a levedar cerca de 10 a 15 minutos, mas depende muito da temperatura ambiente. Não deve crescer mais do dobro.

Retirar do forno e pré aquecer o forno a 200° com um pequeno tabuleiro no fundo do forno que deve ficar quente. Depois coloca-se o tabuleiro com o pão e ver-te um pouco de água fria no tabuleiro no fundo do forno para criar vapor durante o cozimento.

O pão fica a cozer 15 a 20 minutos até ficar dourada e ao espetar um palito este sai sem resíduos.

Retirar do forno e deixar arrefecer sobre uma grelha.

Bom apetite e sejam criativos☺

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: